Dec 8, 2009

Michel Onfray: Misérias (e grandeza) da filosofia

Depois do que atualmente se chama o fim dos grandes discursos – cristianismo, freudismo, marxismo, estruturalismo – e não obstante sua pretensa morte, nunca a filosofia esteve tão bem. E, ao mesmo tempo, nunca esteve tão mal... Bem, porque, sem descontinuar, esperam-se dela sentido, respostas a questões éticas e políticas, existenciais portanto: como pensar, viver e agir sem referências transcendentais num mundo submetido unicamente às leis do mercado? Mal, porque, diante dessa demanda generalizada, a oferta permite aos medíocres, aos comerciantes, aos cínicos, aos oportunistas passarem adiante uma série de mercadorias de má qualidade.

link

0 comentários: